Cadastre seu email e fique por dentro das novidades do blog

terça-feira, 1 de março de 2016

Coração de mãe



Ela refletia ao sentir a água fria.
Tocava-a e a adormecia.


Refletia bem sobre os gritos que ouvia, a perturbava e a estremecia, mesmo sem ver o rosto de tal sofredora ela adoecia.
Os gritos de lamento ao ver uma vida derramada, assim como o sangue que ali circulava.
O clamor que de longe se ouvia, os olhos curiosos de lágrimas se enchiam, e os que julgavam agora apenas sentia o que passa uma mãe a ter seu filho, nem tão inocente ao perder a vida, mas aos olhos de tanto amor ainda era uma doce criança, que ali dormia e nunca mas acordaria. Comovia até os oficiais que ali chorava, comoção que se ouvia a entoar os gritos e ao abaixar de cabeças desconsoladas naquela sexta ensolarada.



by: Emmily Isabelly

Nenhum comentário:

Postar um comentário